Como tirar a gestão da sua empresa do escuro e garantir um lucro líquido positivo

SOBRE A EMPRESA

Localizada em Curitiba – PR A Agência WX foi fundada em 2004 e é especializada em websites, gestão de mídias sociais, identidade visual (logotipo, papelaria, manual de marca) e material de apoio (folders, flyers, apresentações, slides) para a equipe comercial de dezenas de empresas no Brasil.

DESAFIOS ENFRENTADOS

CEO e fundador da Agência WX, Fillipe Neyl Walecki lembra que no começo a WX era uma ‘eugência’, com poucos profissionais e acúmulos de funções. “Eu estava pilotando um avião no escuro, no feeling. Agora, ainda tenho o feeling, mas também tenho números para tomar decisões”, afirma Neyl.

Por isso, o processo foi de voar sem um plano de voo bem definido, no caso, sem um Planejamento Estratégico e Orçamentário.

Quando comecei a empresa lá trás, eu não imaginava que teria que aprender sobre tanta coisa. Por ser mais novo, pensei que como trabalhava na área fazia sentido abrir um negócio. É o espírito empreendedor brasileiro
Fillipe Neyl Walecki
CEO e fundador

Mas o crescimento da agência logo nos primeiros anos passou a exigir evolução dos processos de gestão e profissionalismo na administração do negócio. Um dos problemas identificados nesse período foi o da precificação. Como trabalham com serviço, tinham dificuldade de definir e prever muito bem o escopo dos projetos a ponto de garantir a recorrência da receita. 


“Quando a gente começou a crescer, percebemos que ter maior faturamento não significa ter mais lucro. Uma contratação de um profissional errado pesa quanto? Como vai decidir quando contrata, onde investe, muda de sede? A gente passou por todas essas tomadas de decisão no escuro”, relembra Neyl.

ESTRATÉGIA ADOTADA

Considerando os desafios causados pelo crescimento, o empresário quis dar o próximo passo. “Queria construir um modelo escalável para crescer de forma mais sustentável, de se organizar melhor e ter uma Gestão Orçamentária. A gente quer poder dirigir com a luz acesa nessa etapa de crescimento”, lembra Neyl.

 

Nessa busca, a Agência WX encontrou o software e serviço de outsourcing da Treasy, acreditou no projeto e mergulhou no desafio. Essa união do software com o consultor exclusivo no modelo da prestação de serviço foi o que chamou a atenção do empresário. “O sistema iria forçar a gente a fazer do jeito certo, nos faz usar as melhores práticas de mercado. E o consultor nos ajudaria a entender o sistema”.


O primeiro passo foi migrar da planilha para o sistema. “Eu não sou contra planilhas, mas é um risco, tanto pelo o nosso ritmo de acúmulo de funções, como por não ter domínio em Excel. Por exemplo, sabemos usar Excel, mas não temos domínio em Matemática Financeira, que é uma coisa que se aprende quando faz faculdade na área”, admite Neyl.

O sistema era um tijolinho nessa parede que estávamos construindo. Essa questão da Treasy mergulhar na dor do cliente faz parte do processo e é um diferencial do serviço. Vocês [a equipe da Treasy] trabalham com número o tempo todo, mas nunca me senti tratado por vocês como um número
Fillipe Neyl Walecki
CEO e fundador

As reuniões semanais com o consultor na fase de modelagem financeira foram essenciais para compreensão do negócio por parte dele, assim como ajustes no que precisava ser feito do lado da Agência. “Por causa do programa, a gente mudou algumas formas de fazer as coisas na agência e também passamos a seguir uma metodologia muito melhor”, explica Neyl.

Time da Agência WX

RESULTADOS ALCANÇADOS

Os ganhos foram percebidos nos primeiros meses de trabalho, como conta Fillipe Neyl. “É muito diferente você acender a luz e saber para onde está indo. O momento agora com a Controladoria é a evolução do processo que ainda estava muito focado no dia a dia, em fazer o pagamento das contas, manter as coisas em ordem, mas sem o business inteligence, sem visão de gestão financeira e orçamentária”.

 

Portanto, se a ideia era conseguir dados e números para orientar as tomadas de decisão e garantir, assim, um crescimento sustentável, a Agência WX definitivamente já está no caminho certo para garantir a meta.

O nosso maior objetivo era ter pro labore para os sócios e já estamos vendo na tela do Treasy. Ainda não está no bolso porque estamos num momento de reinvestir no próprio negócio focando no crescimento. Mas acredito que encerraremos o ano pela primeira vez com um resultado líquido bem bacana
Fillipe Neyl Walecki
CEO e Fundador

A sensação de obter essa conquista não tem preço, como afirma o empresário. “Você ver a máquina funcionando dá um senso de dever cumprido, de estar cercado de bons parceiros e saber para onde está indo com a luz acesa”.

 

Para ele, o mais importante é ter informações e dados para tomada de decisão, o que, segundo ele não impede de usar a intuição, mas apenas quando ela não é contrária aos números. “É uma enorme satisfação ter um panorama e informações em uma ou duas telas, algo que você não teria se não tivesse construído cada um desses tijolinhos aí nesses meses todos”, orgulha-se Fillipe.

Mais visibilidade

com a plataforma, a empresa tem os dados e números que ajudam nas tomadas de decisão e garantir, assim, um crescimento sustentável

Pro labore

encerraremos o ano pela primeira vez com um resultado líquido positivo e um plano de pro labora para os sócios,  permitindo assim o reinvestimento na empresa

Planejamento Estratégico

evolução dos processos de gestão e melhoria na precificação dos serviços

Buscando os mesmos resultados para sua empresa? Converse com a gente!

Como a Treasy auxilia centenas de empresas a alcançarem seus objetivos com planejamento e orçamento

Baixe este Artigo em PDF