Retrospectiva 2017: por uma comunidade de controladoria fortalecida

Publicado dia 29 de dezembro de 2017

Este ano foi incrível, não foi? Cheio de desafios, mas com muita superação também. Por mais que a política e a economia nacional continuem confusas e isso cause certa instabilidade no mercado, conseguimos crescer e trazer muita informação legal para você ao longo de 2017. Mas temos certeza que não estamos só nessa caminhada e sabemos disso porque crescemos juntos com muitos clientes, novos e velhos conhecidos.

Também trabalhamos duro para começar uma comunidade de controladoria consistente, criando e fortalecendo mais de 60 grupos de Planejamento, Controladoria e Finanças nas redes sociais (Linkedin, Facebook e Whatsapp). Além de  produzir e publicar mais de 160 novos artigos em nosso blog, o dobro do ano passado. Sem contar com o restante do conteúdo rico, como o Controller Cast, o  primeiro podcast sobre Planejamento, Controladoria e Finanças do Brasil. Lançamos, ainda, a Universidade Treasy, começando com o curso online da Metodologia Treasy de Planejamento Orçamentário e realizamos o primeiro evento online no país sobre Gestão Orçamentária, a Semana do Planejamento Orçamentário. Muita informação, não é? Fizemos tudo isso com o objetivo de Simplificar a Gestão Orçamentária de sua empresa e tornar a vida do profissional de controladoria melhor a cada dia.

Mas sabemos que o tempo está corrido para todos, por isso é possível que você não tenha acompanhado tudo que rolou na Treasy este ano. Pensando em como te dar uma mãozinha, preparamos um post bem especial e listamos alguns materiais que você precisa ler antes de começar 2018, principalmente se levar em conta algumas questões importantes.

#01: Mudanças na legislação brasileira

Os empresários e Controllers tiveram que suar a camisa esse ano para preparar a empresa para as mudanças nas legislações que entrarão em vigor em 2018. Essas mudanças afetarão desde de micro até grandes empresas. Por exemplo, as organizações enquadradas no Simples Nacional sofrerão mudanças nos limites de faturamento para MEI e ME, além da alteração das alíquotas. A Lei Complementar 155/2016 entrará em vigor em 1 de janeiro de 2018 e, como veremos, trará mudanças significativas, como:

  • Novos limites para MEI e ME;
  • Novas atividades;
  • Novas tabelas;
  • Novas regras para exportação, licitações e outras atividades;
  • Novas regras para parcelamento de dívidas vencidas;
  • Regulamentação do papel de Investidor Anjo;
  • Novo cálculo.

Se você precisar conferir as novas tabelas, basta acessar esse link: Mudanças no Simples Nacional: confira a nova tabela do Simples Nacional 2018.

Mudanças no Simples Nacional

As médias e grandes empresas também sofrerão com mudanças na legislação e tiveram que correr contra o relógio para preparar a empresa para o tão temido eSocial, já que em Janeiro de 2018 o eSocial será obrigatório para empresas que faturaram acima de R$ 78 milhões em 2016, para as demais, a obrigatoriedade iniciará em junho do mesmo ano. O eSocial – Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas – é um projeto do Governo Federal cujo objetivo é o de unificar as informações enviadas pelo empregador sobre os trabalhadores que prestam serviços remunerados. Na prática, a partir de 2018 as empresas terão a obrigatoriedade de informar dados referentes às folhas de pagamento e os encargos trabalhistas em tempo real ao governo. Veja as principais obrigatoriedades e o cronograma de implantação nesse link: eSocial será obrigatório em 2018. Sua empresa está pronta?

Não podemos deixar de citar as mudanças na legislações tributárias, previdenciárias e trabalhistas que além de afetarem as empresas, impactam também nos colaboradores. A primeira a entrar em vigor foi a reforma trabalhista, que foi aprovada em Julho de 2017 e começou a valer em Novembro do mesmo ano. Com aplicação das leis da nova CLT com o Projeto de Lei 6787/2016, diversas mudanças relacionadas à jornada de trabalho, férias, remuneração, sindicatos, entre outros, passam a alterar significativamente a vida dos trabalhadores e seus empregadores. Nós listamos as 12 principais mudanças nesse artigo, confira: Reforma trabalhista 2017: Tudo o que sua empresa precisa saber sobre como ficam as Leis Trabalhistas com as mudanças na CLT

O fim da desoneração da folha de pagamento pegou algumas empresas de surpresa e impactou significativamente no aumento dos custos da folha de pagamento. Inicialmente, a empresa pagava 20% de INSS Patronal sobre a folha de pagamento. Posteriormente, o Governo Brasileiro substituiu essa tributação por uma alíquota entre 1% e 2% sobre a receita bruta da empresa, por meio da lei de Desoneração da Folha de Pagamento (instituída pela Lei 12546/2011). O principal objetivo dessa resolução é de reduzir os custos de produção no Brasil, em especial o custo da indústria, ou seja, diminuir a carga tributária.

Em 2015 houve uma nova alteração, na qual as alíquotas subiram para 2% a 4,5% sobre a folha de pagamento ou sobre a receita bruta (as empresas podiam escolher). Por fim, a partir de 01 de julho de 2017, alguns setores não serão mais contemplados pela lei de desoneração da folha de pagamento e voltarão à alíquota original de 20% sobre a folha. Apenas os setores de transporte, construção civil e comunicação continuarão a ser beneficiados pela desoneração. Isso tudo tem a ver com a Medida Provisória nº 774/2017 (MP 774). Você pode consultar quais setores voltarão a contribuir sobre a folha de pagamento nesse link: A Previdência Social (INSS) e o fim da Desoneração da Folha de Pagamento

A Reforma Tributária também causou movimentação dentro do setor financeiro. A PEC 233/2016 da Reforma Tributária alterou a estrutura de tributos, impostos, taxas e contribuições, resultando numa simplificação tributária. O Projeto de Reforma Tributária visa mudar o modelo atual do sistema de cobrança de tributos, que concentra a arrecadação sobre o consumo. Assim, a Reforma Tributária, elaborada por uma Comissão no Congresso liderada pelo Deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), propõe que a cobrança de impostos seja concentrada mais na renda, ao invés do consumo. O compromisso do projeto circulando na Câmara é um só: não aumentar a carga tributária. Para diminuir a burocracia e a sonegação, a ideia é que a cobrança dos impostos seja online, no momento em que a mercadoria está sendo paga. Dessa forma, o dinheiro será separado e enviado imediatamente para os cofres públicos. O aumento sobre a renda e o patrimônio seria compensado por uma redução na carga tributária sobre o consumo. Quer saber melhor o que mudou com a Reforma Tributária? Confira nesse post que escrevemos sobre o assunto: Conheça as principais mudanças que propõe o Projeto de Reforma Tributária 2017 e veja como a PEC 233/2016 impactará sua empresa

Já a Reforma da Previdência ainda não foi aprovada, mas é importante que você entenda quais mudanças estão em pauta e o que pode afetar você como colaborador e sua empresa. Essa reforma visa obter um Sistema Previdenciário sustentável a longo prazo, já que com o passar dos anos, a população ativa (composto por adultos entre 16 a 64 anos, representando a força de trabalho brasileira) tende a diminuir enquanto a população inativa (composto por jovens entre 0 a 15 anos e idosos acima de 65 ano, que não trabalham) tende a aumentar. Confira neste artigo todas as mudanças proposta no projeto de lei: Reforma da Previdência Social: veja como sua empresa será afetada pela PEC 287/2016 e a relação com a Pirâmide Etária

#02: Carreira

Se em 2018 você quer focar na sua profissão e escalar degraus ainda mais altos, nós temos algumas dicas para vocês. Conversamos com profissionais experientes que compartilharam erros e acertos e, principalmente, deram a receita para uma carreira de sucesso na área de Controladoria. Olha só o que separamos para você:

Carreira Profissional

#03: Planejamento e gestão orçamentária

De fato, criar uma cultura orçamentária não é tarefa fácil, muito menos implementar um setor de controladoria. Pensando em como os profissionais poderiam superar esse desafio, fizemos muitos materiais que orientam como obter sucesso nesse desafio e trazem exemplos de quem já passou pela mesma situação. Confere nos links:

#04: Caminho das pedras

Por mais que algumas organizações já tenham a consciência da necessidade de realizar o planejamento orçamentário, é comum que não saibam como fazer, nem por onde começar. Muito menos que ferramentas usar, por isso, não deixe de ler o conteúdo que separamos para você:

#05: Semana do Planejamento Orçamentário

Ainda nesse sentido de orientar como realizar um planejamento orçamentário, organizamos o primeiro evento online do Brasil sobre o tema. Convidamos profissionais experientes que compartilharam erros, acertos e dicas de como pensar no orçamento das áreas de Marketing, Vendas, RH, Atendimento e TI

#06: Curso online da Metodologia Treasy de Planejamento Orçamentário

Mas se com todo esse conteúdo você ainda quer se aprofundar e saber, na prática, como montar um orçamento a partir do zero, você precisa fazer o nosso curso da Metodologia Treasy. Além dos principais conceitos, explicamos passo a passo como elaborar um planejamento orçamentário usando nossa ferramenta e, ainda, como simular cenários que permitirão você estar mais preparado para imprevistos. 

Que venha 2018

Fizemos bem nosso dever de casa para te proporcionar todo esse material, não é? Tivemos muitos retornos positivos e isso nos inspirou ainda mais. A ideia é que 2018 seja ainda melhor, duvida? Espero que não, porque estamos com muitos projetos para o ano que está chegando, então, continue acompanhando nosso blog e nossas redes. Teremos mais Controllers Casts, mais e-books, planilhas, artigos e muita notícia boa para que continuemos crescendo juntos. Boas Festas e um 2018 de sucesso e conquistas.

E para fechar, gostaríamos de contar com você para definir as pautas para os próximos posts e materiais. Deixe um comentário, por gentileza, nos contando sobre o que você gostaria de ler, assistir vídeos, ouvir podcasts, discutir, realizar cursos. Podemos contar com você?

Retrospectiva 2017

Home Fóruns Retrospectiva 2017: por uma comunidade de controladoria fortalecida

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Lilian Amaral 1 ano, 5 meses atrás.

Retrospectiva 2017: por uma comunidade de controladoria fortalecida

Você deve fazer login para responder a este tópico.