Menu

Tudo que você precisa saber sobre o Diploma in International Financial Reporting (incluindo provas anteriores do DipIFR)

Publicado dia 7 de junho de 2017

Detalhes Diploma in International Financial ReportingQuando o tema é contabilidade internacional, você já viu no post anterior sobre Certificate in International Financial Reporting (CertIFR) que não tem jeito: um certificado no currículo atesta os conhecimentos sobre as normas internacionais e faz toda a diferença. E se o CertIFR dá aquele upgrade no currículo, o que dizer de um Diploma in International Financial Reporting, conhecido por DipIFR?

Como as IFRS são a bola da vez quando falamos em elaboração de relatórios financeiros em um padrão mundial, a ACCA (Association of Chartered Certified Accountants) dá uma passo a mais e, além do Certificado, concede o famoso (e dificílimo) Diploma em IFRS.

Para abordar o tema e apresentar um pouco mais sobre o DipIFR, preparamos um artigo especial sobre o assunto (inclusive com provas anteriores do DipIFR).

Mas antes, por que um diploma em IFRS?

Já que estamos falando de um Diploma em IFRS vamos reforçar a importância dessas normas de contabilidade internacional. Em nosso artigo Contabilidade Internacional: como as IFRS (Normas Internacionais de Contabilidade) resolvem “Torre de Babel” da comunicação contábil e financeira falamos que a IFRS define as ações que devem ser seguidas para mensuração, reconhecimento, apresentação e divulgação de informações financeiras, econômicas, patrimoniais e especiais das demonstrações.

Diploma in International Financial Reporting IFRSBom, mas se você está na dúvida em tirar uma certificação mais reconhecida no assunto, podemos começar dizendo que as International Financial Reporting Standards são tendência nas grandes empresas. Isso porque elas estão cada vez mais sendo usadas no mundo corporativo como padrões para relatórios financeiros.

Com isso, a IFRS tem se tornado ainda mais essencial. Trocando em miúdos, já que elas são normas utilizadas pelas empresas mundiais para preparar suas demonstrações financeiras anuais, mais cedo ou mais tarde você precisará ser fluente em International Financial Reporting Standards. E como comprovar isso? Com uma certificação, claro!

Estar familiarizado com a IFRS é também o caminho para entrar (e ganhar o respeito) na comunidade financeira internacional. Ser fluente em IFRS por meio de uma qualificação como o Diploma in International Financial Reporting atesta que você é um profissional qualificado do ramo. Em outras palavras: o DipIFR é um impulsionador de carreiras.

Por fim, e para não nos alongarmos muito mais nesse tópico, a IFRS é aplicada em mais de 110 países. O que isso significa? As normas estão ganhando a atenção do mundo e tornando-se cada vez mais relevantes em nível global. Comprovar que você é um profissional com conhecimento no assunto só tende a destacar ainda mais seu trabalho e, com certeza, a abrir muitas outras portas.

Bom, e já que agora você entendeu melhor a importância do tema, vamos ampliar o conhecimento sobre o DipIFR.

Entendendo o Diploma in International Financial Reporting (DipIFR)

Se por um lado há o aumento do número de países que adotam as International Financial Reporting Standards, cresce também o número de profissionais de finanças atrás de qualificação em IFRS. Uma das qualificações é por meio do CertIFR, outra é conquistada com o Diploma in International Financial Reporting.

ACCA IFRSTambém conhecido por DipIFR, ele é fornecido pela organização de classe mundial ACCA (em português, Associação de Contadores Certificados). O diploma é desenvolvido para especialistas em relatórios, contabilistas, controllers e auditores que possuem habilidades de preparação, análise ou auditoria de demonstrações contábeis estatutárias ou baseadas em IFRS.

O Diploma in International Financial Reporting é para os profissionais que desejam comprovar seus conhecimentos sobre relatórios de IFRS e se tornarem especialistas credenciados pela ACCA. A conquista do Diploma in International Financial Reporting significa que o profissional:

  • Está familiarizado com principais princípios e regras das IFRS;
  • Sabe como padronizar os elementos-chave dos relatórios financeiros;
  • Sabe identificar e aplicar os requisitos de divulgação para as empresas em relatórios financeiros e notas; e
  • Está apto a preparar demonstrações financeiras do grupo, incluindo subsidiárias, associadas e joint ventures.

Quem pode aplicar para o Diploma in International Financial Reporting?

Para fazer a prova do DipIFR, o candidato deve:

Detalhes sobre a prova para o DipIFR

DipIFR Diploma in International Financial ReportingSem querer exagerar, obter o Diploma em IFRS significa passar em uma prova de nível hard (mais abaixo apresentamos as provas anteriores do DipIFR). O exame possui quatro questões, todas discursivas, e deve ser concluído em três horas e 15 minutos. Para passar, é necessário acertar no mínimo 50% da prova. O Diploma in International Financial Reporting é realizado duas vezes por ano, em junho e dezembro, nos centros de exames da ACCA.

No Brasil, a prova é aplicada somente em São Paulo (pelo British Council), mas as inscrições devem ser feitas diretamente pelo site da ACCA, com até dois meses de antecedência. O preço para a realização do exame é de 185 libras (valores de junho de 2017), e o pagamento pode ser efetuado por cartão de crédito (Visa, Mastercard ou Amex).

Por ser somente em inglês, é imprescindível o conhecimento técnico do idioma. É recomendável também que antes de aplicar para o DipIoma em IFRS o profissional tenha obtido o CertIFR.

Estrutura do exame para o Diploma em IFRS

Conforme explicamos, a prova para o Diploma in International Financial Reporting possui quatro questões, todas discursivas, distribuídas em duas partes:

  • A primeira parte possui uma questão de consolidação e vale 40 pontos. Ela envolve a preparação de uma ou mais demonstrações financeiras. Esta questão inclui diversos pontos que terão que ser resolvidos antes dos procedimentos serem consolidados.
  • A segunda parte possui três questões de cenários e valem 20 pontos cada. Essas perguntas estão relacionadas a um cenário em que surgem questões ligadas ao tratamento contábil mais apropriado. Aqui os candidatos podem fazer comentários sobre o procedimento contábil escolhido pela gerência e determinar um mais adequado com base nas circunstâncias descritas na pergunta. Muitas vezes, uma das perguntas se concentrará mais especificamente nos requisitos de uma IFRS em particular.
    Algumas IFRS são muito detalhadas e complexas, por isso é importantíssimo que o candidato esteja muito bem preparado quanto aos princípios e elementos-chave da norma. Ter um amplo conhecimento sobre a harmonização contábil é também essencial.

Explicado alguns detalhes da prova, nada como vê-la com os próprios olhos, não é mesmo? Então, confira o que separamos para você:

Provas anteriores do DipIFR (com respostas)

Antes de você espiar as provas anteriores do DipIFR (e as respostas), é bom deixarmos claro que esses são modelos já aplicados. Nosso conselho é que você verifique no próprio site da ACCA sobre a estrutura do exame no ano em que desejar fazê-lo. Isso porque conforme eles mesmos explicam, a prova pode sofrer alterações.

Possuir o CertIFR (Certificate in International Financial Report) + dois anos de experiência na área. Detalhes sobre a prova para o DipIFRDipIFR: Dezembro 2016

DipIFR: Junho 2016

DipIFR: Dezembro 2015

DipIFR: Junho 2015

Para mais provas anteriores do DipIFR, visite o site da ACCA.

Como se preparar para o Diploma in International Financial Reporting?

Especialistas recomendam uma dedicação diária de quatro horas de estudos por no mínimo seis meses. Para começar a preparação é essencial ir direto à fonte. Nesse caso, a própria ACCA disponibiliza guias de estudos. Para você ter uma ideia, o guia de estudos para os exames do Diploma em IFRS de Dezembro 2017 e Junho 2018 inclui tópicos como:

  • Fontes internacionais de autoridade (ex: Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade – IASB – e o quadro regulamentar, discutir a necessidade de IFRS e possíveis barreiras ao seu desenvolvimento).
  • Elementos das demonstrações financeiras (ex: Instrumentos financeiros, cálculo de depreciação, explicar as condições necessárias para que o hedge seja utilizado).
  • Apresentação de contas e divulgações adicionais (ex: Políticas contábeis, alterações nas estimativas contábeis e erros).
  • Elaboração de relatórios externos para entidades combinadas, associadas e acordos conjuntos (ex: Elaborar demonstrações financeiras consolidadas para incluir uma única subsidiária e uma associada ou um acordo conjunto).

Os recursos oficiais para o exame do Diploma em IFRS podem ser obtidos pelo site da ACCA (não esqueça de selecionar a opção DipIFR). Para se preparar para a prova, existem os materiais credenciados pela Associação. De acordo com a própria ACCA, os materiais oficiais para o exame do Diploma in International Financial Reporting são:

Infelizmente, pelo site da ACCA não existe nenhuma instituição no Brasil com curso preparatório para o DipIFR, mas encontramos alguns programas preparatórios online:

A dúvida agora é: DipIFR ou CertIFR?

No post anterior, apresentamos o Certificate in International Financial Reporting. Você pode estar se perguntando: qual dos dois devo fazer? Bom, tanto o DiplFR quanto o CertIFR são mundialmente conhecidos. A lógica é iniciar pelo CertIFR, por ser uma prova mais fácil. Mas nada impede de você ir direto para o Diploma em IFRS.

DipIFR x CertIFRPor conceder um diploma e ser uma prova de alta dificuldade, o DipIFR tem muito mais peso no currículo do que o CertIFR. Outras principais diferenças entre as qualificações são:

  • O Diploma in International Financial Reporting é uma qualificação especializada e exige conhecimento mais aprofundado em IFRS. Inclusive, é recomendável (mas não obrigatório) que o candidato já possua o CertIFR ao aplicar para o Diploma in International Financial Reporting. Para prestar para o DiplFR o candidato deve:
    (a) Ser graduado com dois anos de experiência na área; ou
    (b) Possuir três anos de experiência na área; ou
    (c) Ser afiliado da ACCA; ou
    (d) Possuir o CertIFR (Certificate in International Financial Report) mais dois anos de experiência na área.
  • O CertIFR é destinado aos profissionais que trabalham com IFRS. Profissionais com experiência, mas sem qualificações formais nas áreas de contabilidade e auditoria estão aptos a também aplicarem para o Certificate in International Financial Reporting.
  • O DipIFR é uma prova presencial, discursiva, de três horas e meia e ocorre duas vezes por ano.
  • O CertIFR é online, portanto pode ser feito em qualquer momento, com 25 questões de múltipla escolha.
  • Muitos profissionais com conhecimento técnico optam pelo CertIFR por não conseguir concluírem o DipIFR.
  • A preparação para o DipIFR exige muitas horas de estudo (especialistas recomendam uma dedicação diária de 4 horas de estudos por no mínimo 6 meses).
  • Para o CertIFR, muitos profissionais com conhecimento em IFRS já partem para a primeira tentativa sem uma carga de estudo preparatório.

Concluindo

Deu para perceber que o Diploma in International Financial Reporting tem um grande peso no currículo de qualquer profissional da área, certo? Um dos motivos para o DipIFR ser um impulsionador de carreiras é que a IFRS tem sido cada vez mais utilizada pelas empresas mundiais para preparar suas demonstrações financeiras anuais.

Já que você está aqui, não deixe também de conferir outros artigos relacionados à Contabilidade Internacional:

Como você está buscando informações sobre o Diploma em IFRS, é sinal que está preocupado com o crescimento da sua carreira, certo? Então aproveite o momento para refletir em planos de curto, médio e longo prazo para sua profissão, baixe nosso E-book Plano de Carreira do Profissional de Controladoria e tenha o passo-a-passo de como criar o seu próprio plano!

Plano-de-Carreira-do-Profissional-de-Controladoria---Banner---E-books

Afinal, se antigamente a Gestão de Carreiras era uma preocupação somente da área de Gestão de Pessoas, hoje ela passa a estar presente do outro lado, ou seja, na vida de profissionais que almejam crescimento e já entenderam o dinamismo do mercado de trabalho.

Para encerrar, esperamos que esse artigo sobre DipIFR tenha sido esclarecedor e que você continue buscando as qualificações necessárias. As informações que demos de materiais de estudos são provenientes do site oficial da ACCA, por termos a certeza de que são materiais completos. Caso você conheça outros materiais (ou até outros cursos online) compartilhe conosco. E fique à vontade para compartilhar também este artigo entre seus colegas.

Talvez você também queira ler um destes:


Also published on Medium.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *