People Analytics: como dados do RH refletem no orçamento da empresa

Publicado dia 13 de fevereiro de 2018

Os bons resultados de uma empresa dependem de uma série de fatores que, juntos, podem levá-la ao sucesso. Um deles é fazer com que a companhia funcione de acordo com  o orçamento planejado, o que pode ser um desafio. Mas, todos podem colaborar — inclusive o RH (Recursos Humano).

O People Analytics pode ser um aliado importante para superar esse desafio já que impacta diretamente na avaliação de desempenho de funcionário e, consequentemente, também colabora muito com a gestão do orçamento da empresa.

Entenda melhor o conceito de People Analytics e saiba porque as áreas de RH encontram nele uma oportunidade cada vez maior de redirecionar os funcionários da empresa, deixando-os mais satisfeitos e trazendo, ainda, impactos positivos no orçamento de uma organização.

O que é People Analytics?

O People Analytics nada mais é do que o uso de dados referentes aos colaboradores de uma empresa. Esses dados são utilizados para entender os comportamentos e, dessa forma, transformar o ambiente de trabalho em um lugar melhor para todos.

As coletas dos dados são feitas das mais variadas fontes, entre elas redes sociais, reviews de sites de avaliação, tendências de interesses por determinado segmento e metadata. Os responsáveis pela captura dessas informações são chamados Data Scientists, mas, em alguns casos, softwares de gestão fazem o trabalho automaticamente.

Essa é uma forma de conhecer melhor quem trabalha na empresa e de oferecer um tratamento quase que personalizado, melhorando a experiência para o colaborador, para os gestores e para a companhia.

People Analytics

Por que o RH deve adotar essa técnica para melhorar o orçamento?

Utilizar o People Analytics vai muito além de oferecer um melhor ambiente de trabalho para todos. Indiretamente, adotar essa estratégia traz uma melhora significativa no orçamento da empresa, possibilitando redução de custos e despesas, por exemplo. Confira abaixo algumas vantagens.

Ajuda na retenção de talentos

Saber quais são as preferências, os objetivos reais e alguns dados das características dos funcionários vai muito além do que ele fala na entrevista e do que pode ser notado em seu convívio dentro da empresa.

Conhecer o colaborador, de fato, pode fazer com que o RH detecte talentos internamente com mais facilidade e ajude a retê-los, já que tem um norteamento para deixá-lo mais satisfeito dentro do local onde trabalha.

Melhora a produtividade da equipe

Proporcionar um ambiente melhor para a equipe também é uma das vantagens do People Analytics. Ao analisar os dados, o RH pode avaliar o que funciona para melhorar a produtividade da equipe. Com isso, realiza também algumas melhorias no orçamento, já que um mesmo funcionário pode produzir mais e melhor durante o expediente.

Quando há um planejamento baseado nos dados de People Analytics, é possível reduzir o custo de funcionário em diferentes segmentos da empresa. Potencializando os resultados com um número menor de profissionais, porém mais capacitados, felizes e produtivos.

Ajuda o funcionário a valorizar sua companhia

O funcionário que sente que é valorizado tende a retribuir o sentimento. Avaliar pessoalmente cada um dos colaboradores e tomar atitudes que tenham ligação com o que ele espera da empresa são atitudes que vão fazer com que ele se sinta especial.

Um funcionário que valoriza o ambiente de trabalho tem mais responsabilidades, energia para desenvolver projetos, é mais empenhado em levar a empresa para frente e trabalha junto na redução de gastos.

Como implementá-lo na empresa?

O People Analytics é, sem dúvida, uma maneira de otimizar o orçamento da empresa, reter talentos e aumentar a produtividade da equipe. Porém, esse conceito ainda é considerado novo e aparece com maior frequência nas grandes empresas.

Mas é possível implementá-lo no RH da sua empresa, independente do porte.

Para isso, o primeiro passo é detectar se há algum problema mais sério e focar nele para resolver o quanto antes. Pode ser desde uma alta rotatividade de funcionários dentro de um determinado setor, conhecido pelo termo turnover, até problemas de produtividade de uma área inteira.

Se você já utiliza algum tipo de sistema de gestão de pessoas, possivelmente já possui alguma métrica para começar e detectar esse problema, caso ele exista de fato. Se não tem dados suficiente, comece com o pouco que tem, pesquise e invista em softwares que não só facilitem, como otimizem seu trabalho.

É importante que o software utilizado para gerir pessoas seja compatível com o que sua empresa precisa no momento. Então, pergunte, pesquise e defina o que é o melhor de acordo com o momento.

Também é imprescindível investir em uma equipe sênior de RH que esteja alinhada com as novidades do mercado e preparada para ser treinada sobre o conceito de People Analytics. Além disso, é preciso que essa equipe tenha capacidade técnica para fazer a leitura completa e o cruzamento de dados necessários para chegar ao resultado esperado.

Por isso, é imprescindível treinar o RH e os gestores para realizar corretamente as análises obtidas por meio dos softwares. Mais do que saber ler o que se tem, é preciso saber avaliar e propor soluções para que a empresa resolva o problema.

É importante lembrar que o People Analytics é um investimento de longo prazo que vai trazer resultados importantes e que, por isso, leva tempo para ser aplicado. Estima-se que a implementação desse conceito pode levar de dois a três anos para rodar perfeitamente.

Compartilhe os resultados com o time

Dados do RH

O People Analytics, aliado às demais ferramentas de RH, traz resultados incríveis com custo baixo. Mas, para isso, é preciso que o departamento detecte problemas e aja da maneira mais adequada para solucioná-los.

Seguindo esses passos, os bons resultados começarão a aparecer e é imprescindível compartilhá-los com a equipe. Isso irá manter o incentivo de que o novo conceito é excelente para a gestão de pessoas e na redução do orçamento da empresa.

O People Analytics é uma maneira de trazer um novo funcionamento para a empresa, que começa na detecção dos problemas e acaba gerando benefícios para os funcionários, além de ter uma importância significativa na redução de custos em todas as áreas. Assim, é possível observar gestores mais engajados, mais agilidade nos processos e funcionários mais produtivos e contentes.

Gostou do artigo? Então compartilhe em suas redes sociais e ajude seus colegas a enxergar um novo conceito de gestão de pessoas e custos para suas empresas!

Sobre o autor

Logo Seguridade

Este artigo foi escrito pelo time da Seguridade, especialmente para a Treasy. A Seguridade é uma empresa de segurança e terceirização de serviços focada em oferecer os melhores serviços visando a redução de custo com inovação em tecnologia e processos.


Também publicado em Medium.

Home Fóruns People Analytics: como dados do RH refletem no orçamento da empresa

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Autor Convidado 1 ano, 9 meses atrás.

People Analytics: como dados do RH refletem no orçamento da empresa

Você deve fazer login para responder a este tópico.