Custos x Despesas – Saiba a diferença

Por | 2017-09-12T16:32:50+00:00 16/06/2013|Artigos|
Você sabe qual a diferença entre custos e despesas e qual a importância disto para sua empresa?

custos x despesas

Você sabe a importância de separar corretamente os Custos e as Despesas de sua empresa?

O que são Custos

É considerado custo, todo e qualquer gasto relativo a aquisição ou produção  de mercadorias, como por exemplo, matéria-prima, mão-de-obra e gastos gerais de fabricação (GGF), como depreciação de máquinas e equipamentos, energia elétrica, manutenção, materiais de conservação e limpeza para fábrica, viagens de pessoas ligadas a fábrica, etc.

O Custos dividem-se ainda em Diretos e Indiretos:

  • Custos Diretos = são todos os custos diretamente ligados aos produtos e geralmente são mais fáceis de identificar, como matéria-prima, insumos e mão-de-obra de funcionários dos centros de custos produtivos;
  • Custos Indiretos = já estes, ainda que ligados aos produtos, são um pouco mais difíceis de serem identificados, como mão-de-obra de funcionários dos centros de outros centros de custos, mas que prestam serviço referente a fábrica como manutenção, almoxarifado, ferramentaria, gerência e planejamento, etc. e os demais gastos de fabricação (GGF), que englobam todas as despesas relacionadas a fábrica (exceto as diretas).

O que são Despesas

Já as despesas são todos gastos relativos a administração da empresa, como a área comercial, marketing, desenvolvimento de produtos e o financeiro.

Ou seja, são os gastos que a empresa precisa ter para manter a estrutura funcionando, porém não contribuem diretamente para geração de novos itens que serão comercializados.

Fixos ou Variáveis?

Os custos e despesas também pode ser classificados em Fixos ou Varíaveis:

  • Custos ou Despesas Fixas: aquilo que não varia com o volume (produzido ou vendido);
  • Custos ou Despesas Variáveis: aquilo que varia em função do volume (produzido ou vendido).

Em algumas literaturas, você pode encontrar ainda os semi-variáveis ou semi-fixos: como por exemplo, o custo da energia elétrica, onde a empresa contrata um fornecimento mínimo, chamado DEMANDA, essa é a parte fixa de uma conta de energia elétrica, produza ou não, a empresa terá que pagar essa demanda (custo fixo), e o restante é o gasto variável (o consumo conforme a produção), ou ainda no exemplo da energia elétrica, a parte consumida pelas áreas administrativas é tratada como despesas e a parte consumida pela área produtiva é “absorvida” no custo dos produtos.

Importância da correta classificação de Custos e Despesas

Em resumo, os custos são os desembolso que podem ser atribuídos ao produto final, já as despesas são de caráter geral, de difícil vinculação aos produtos obtidos.

Entre os principais benefícios de uma apuração correta de custos e despesas, podemos destacar a análise de Margem de Contribuição por produto, que é o valor que sobra da venda de um produto ao retirarmos de seu faturamento bruto os gastos com deduções de vendas e com o custo de sua produção ou compra.

De maneira resumida, a margem de contribuição nos diz se um produto vale a pena ou não ser produzido, e não temos como realizar esta análise se não tivermos identificado as despesas administrativas separadas do custo de produção.

Materiais de apoio complementares

Se você precisar de um pouco mais de informações para realizar a correta classificação dos desembolsos de sua empresa, elaboramos um infográfico gratuito que auxilia neste trabalho de forma bem simples e visual. Para baixá-lo, basta clicar abaixo:

Gestão dos Desembolsos

E para quem está iniciando este trabalho na empresa, montamos também um modelo de planilha para realização do registro de gastos, custos e despesas. Você pode baixá-la gratuitamente clicando no botão abaixo:

Modelo para Demonstração de Gastos, Custos e Despesas

E como você já sabe, toda semana publicamos aqui artigos relacionados a planejamento, orçamento e acompanhamento econômico-financeiro. Também publicamos mensalmente materiais gratuitos para download como planilhas, white papers e e-books.

Portanto, se você ainda não é assinante de nosso newsletter, cadastre-se (aqui, logo abaixo) para receber este e outros artigos por e-mail, ou nos adicione nas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece por aqui.

E se o conteúdo do artigo foi útil para você e sua empresa, deixe um comentário e compartilhe utilizando os botões das redes sociais que ficam aqui logo abaixo!

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Artigos Relacionados


Also published on Medium.

Cadastre-se no Treasy

Deixe seu comentário