O papel do Gerente de Controladoria (Controller) no sucesso da empresa!

Por |16/02/2014|

gerente de controladoria controllerRecentemente publicamos um artigo sobre  o que faz a área de planejamento e controladoria de uma empresa e neste post vamos falar um pouco mais sobre o controller, o guerreiro profissional que faz isto tudo funcionar.

O gerente de controladoria, muitas vezes conhecido pelo termo em inglês controller, é o profissional responsável pelo planejamento, coordenação, direção e controle das atividades de curto, médio e longo prazo executadas nas áreas de planejamento, controladoria e finanças.

O Gerente de Controladoria (Controller) tem a função básica de extrair e consolidar informações relevantes, fidedignas e tempestivas, gerando relatórios para auxiliar a tomada de decisões dos gestores de cada área, bem como para a diretoria da organização. Porém, suas atribuições não param por ai. Um gerente de controladoria deve identificar pontos deficientes ou que podem ser melhorados para contribuir no incremento da rentabilidade e lucratividade da empresa, monitorando exposições ao risco.

Está sob as responsabilidade de um gerente de controladoria (controller) atuar com instruções para as demais áreas da empresa, realizar a análise de desempenho, análise e proposta de ações para a equipe de gestão, contabilidade, gestão de liquidez de ativos de controle, finanças, planejamento fiscal, governança corporativa, conformidade e garantia, gestão de riscos, análise de viabilidade de projetos e na redução de custos e melhorias contínuas na produtividade.

Também estão entre suas atribuições realizar acompanhamento e aplicação das medidas acordadas durante o processo de planejamento e fazer a programação de recursos em cooperação com serviços compartilhados.

Além disto, por conhecer a empresa de modo geral, muitas vezes o gerente de controladoria (controller) atua na implantação dos diversos sistemas de informações que compõem uma empresa (ERP, contabilidade, planejamento e orçamento, etc.).

Para isto, um gerente de controladoria precisa ter aptidões como saber tratar, refinar e apresentar, de maneira clara, resumida e operacional, dados contidos nos registros da contabilidade financeira. Deve ainda, para ter um trabalho eficaz, observar inúmeros princípios norteadores, como iniciativa, visão econômica, visão holística, persistências, imparcialidade, persuasão, liderança e ética.

Com que áreas o Gerente de Controladoria (Controller) se relaciona dentro da empresa?

O gerente de controladoria, por ser o profissional responsável pelo planejamento, coordenação, direção e controle das atividades de curto, médio e longo prazo nas áreas de planejamento, controladoria e finanças, deve se relacionar com praticamente todas as áreas dentro de uma empresa.

Por exemplo, ele deve buscar junto aos gestores de cada área quais são suas necessidades para desempenharem suas funções (recursos, materiais, equipamentos, contratação de pessoas), atuar junto à equipe comercial qual a projeção de vendas para o curto e médio prazo e com base nisto, verificar com a área de PCP (planejamento e controle de produção) quais serão as necessidades de compra de materiais, insumos, matérias-primas, investimento em novas máquinas e equipamentos, etc.

E estes são apenas alguns exemplos dos relacionamentos que o controller deve realizar com as demais áreas da empresa, realizando o levantamento de toda a projeção de receitas, custos, despesas e investimentos para consolidar e gerar as informações de projeção que serão validadas com a diretoria da organização e acompanhadas durante todo o exercício em forma de metas e objetivos. O gerente de controladoria também está diretamente envolvido com as questões de Governança, Risco e Conformidade.

Por isto é importante que o controller possua a sua disposição ferramentas ágeis e eficientes (como o Treasy, nossa solução de Planejamento e Controladoria), para auxiliá-lo a realizar o planejamento anual da empresa, definindo as metas e objetivos a serem alcançados e acompanhar mensalmente os resultados comparando se o que está sendo realizado está de acordo com o que foi planejado, e tomando providências para corrigir possíveis desvios a tempo.

Formação desejada de um Gerente de Controladoria (Controller)

Como vimos no tópico anterior, o gerente de controladoria costuma ser um profissional multidisciplinar, atuando em conjunto com praticamente todas as demais áreas da empresa, e para isto deve possuir conhecimentos básicos sobre o funcionamento de cada área.

Porém, é comum (e desejável) que o controller possua formação acadêmica em áreas mais ligadas a gestão e administração, como por exemplo, (mas não se limitando a): Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Economia.

Também é importante que este profissional busque se aprofundar em conhecimentos específicos, com a realização de pós-graduações ou MBAs em áreas como: Finanças e Controladoria, Planejamento Estratégico ou Gestão Empresarial.

Para que o profissional tenha um bom desempenho como controller, além da graduação é essencial que possua conhecimentos profundos de finanças e controle de processos, além de possuir bons conhecimentos em informática e ferramentas, como sistemas de gestão, liderança, negociação, tomada de decisão, trabalho em equipe, comunicação, cultura organizacional, compromisso com resultados, planejamento e organização, busca por solucionar problemas.

E dependendo do setor em que a empresa atua, ou se tem unidades no exterior, é imprescindível ao controller a fluência em outros idiomas.

E-book: como montar uma área de Planejamento e Controladoria em sua empresa

Certamente uma área de Planejamento e Controladoria bem estruturada e “regida” pelo controller correto pode gerar ganhos significativos para o resultado de sua empresa.

Pensando nisto, lançamos um e-book que é praticamente um guia de como criar uma área de Planejamento e Controladoria para sua empresa.

Para fazer o download do e-book gratuitamente, basta clicar na imagem abaixo:

Guia para criar uma área de Planejamento e Controladoria

O e-book aborda temas como:

  • Formação de uma equipe interna ou tercerização
  • Perfil ideal de um controller
  • Como contratar corretamente (um profissional ou consultoria)
  • Definição das Expectativas de Retorno e Apetite a Riscos
  • Mandato e Comprometimento
  • Definição de Ferramentas Gerenciais e de Análise
  • Relatórios e Indicadores de Desempenho a Acompanhar
  • Orçamento Empresarial e Acompanhamento dos Resultados

Além de várias outras dicas e melhoras práticas de mercado elencadas com anos de experiência e centenas de empresas atendidas.

E se as dicas foram úteis para você e sua empresa, deixe um comentário e compartilhe com seus colegas utilizando os botões das redes sociais que ficam aqui logo abaixo!

Artigos Relacionados


Also published on Medium.

Cadastre-se no Treasy

Deixe seu comentário