Planejamento e Orçamento: você entraria em um avião sem um plano de voo?

Por |12/05/2013|

Muito antes da decolagem de um aviplanejamento e orçamentoão, o piloto possui em mãos um plano detalhado com as todas as informações necessárias para realizar o voo com eficácia e segurança. Entre estas informações, está uma das mais importantes: o destino a ser alcançado.

E com base no destino estabelecido, outras informações são necessárias e sub-planos vão sendo criados… É então traçada a rota, definido a quantidade de combustível necessário, o número de tripulantes para operar a aeronave e atender aos passageiros e assim por diante.

Além disto, desde a decolagem até o pouso, o piloto tem a sua disposição inúmeros instrumentos de orientação para auxiliá-lo a se manter na rota definida durante todo o voo. São mapas, gráficos, indicadores, alertas e centenas de outras ferramentas essenciais para que o destino estabelecido seja alcançado no menor tempo possível e com toda a segurança necessária.

Mas mesmo com todos estes procedimentos prévios, não há nenhuma garantia que a rota percorrida será como foi planejada. É muito comum surgirem áreas de instabilidades, ventos fortes, outras aeronaves na rota e uma série de fatores que farão com que o piloto seja obrigado a realizar pequenos desvios e ajustes de curso durante o voo.

A única certeza é que o destino estabelecido deve ser alcançado, e para isto o piloto utilizará os instrumentos e habilidades disponíveis para chegar ao destino, contornando os imprevistos e garantindo assim o sucesso da viagem.

O Planejamento e Orçamento como instrumentos de navegação na Gestão Empresarial

Este paralelo nos ajuda a entender um pouco a necessidade de um bom processo de Planejamento e Orçamento para as organizações em geral, utilizando instrumentos como os Planejamentos Estratégico, Tático e Operacional para definir as metas e objetivos a serem alcançados e posteriormente traduzindo estes planos em números com auxílio do Orçamento Empresarial.

Sem eles é como se sua empresa estivesse voando sem rumo e de olhos vendados!

Ao planejar a abertura de uma empresa ou mesmo iniciar um novo exercício em uma organização já existente, é fundamental saber o que esperamos dela, ou seja, qual o destino!

Isto pode ser traduzido em termos econômicos com questões simples como:

e assim por diante…

Como exemplo do avião, é muito provável que as coisas não saiam exatamente como foram planejadas. Desvios sempre vão existir, mas o importante é ter sempre em mente o destino a ser alcançado. E como para o piloto, as habilidades e experiências adquiridas pelos gestores ao longo do tempo são importantes, mas sem os instrumentos apropriados (Planejamento, Orçamento e Acompanhamento) fica muito mais difícil saber se o avião (empresa) está voando no rumo certo!

Antes de começar a viagem, sua empresa precisa conhecer rotas alternativas

Como dissemos no artigo Previsão de Cenários – Seu Único Diferencial, a habilidade de simular e prever diversos cenários possíveis, aliado a capacidade de reagir de forma ágil quando as coisas não saem como previsto é um importantíssimo diferencial que atualmente pode ser o fator decisivo para levar as empresas ao sucesso ou ao fracasso.

As ferramentas de Planejamento e Orçamento são os instrumentos ideais para auxiliar sua empresa a estabelecer aonde quer chegar e estimar os recursos necessários para isto (sem que falte ou sobre), e verificar de tempos em tempos se está na direção correta, realizando ajustes sempre que necessário e o mais breve possível.

Imagine no exemplo do avião, onde muito combustível representa peso extra, que diminui a velocidade e aumenta o consumo, mas pouco combustível significa que o avião não chegará ao seu destino.

Veja que não chegar ao destino não significa que o avião vai cair. Ele pode fazer um pouso de emergência e abastecer, mas isso afetará significativamente os prazos e custos da viagem, o que poderia ser evitado com um pouco de planejamento prévio.

Agora traduza isso para as necessidades comuns em sua empresa, como compra de matéria-prima, ou a necessidade de capital de giro, por exemplo, ou imagine a tripulação como sendo sua equipe produtiva e administrativa, e assim por diante… E então, tente responder a pergunta: minha empresa possui um plano de voo e instrumentos de navegação apropriados?

Quer aprender mais sobre Planejamento e Orçamento?

Se sua empresa está iniciando a implantação de um processo de Planejamento e Orçamento ou mesmo se busca aprimorar os processos atuais, confira o e-book completo que preparamos sobre este tema:

Planejamento Estratégico e Orçamentário

São mais de 60 slides cobrindo tópicos essenciais de Planejamento e Orçamento Empresarial, como:

  • Missão, Visão e Valores
  • Cultura Organizacional
  • Planejamento Estratégico, Tático e Operacional
  • Orçamento Empresarial
  • Simulação de Cenários
  • Acompanhamento e Gestão Orçamentária
  • Balanced Scorecard (BSC)
  • Dicas e Melhores Práticas de Mercado

Ou seja, este é um manual completo para sua empresa realizar seu Planejamento e Orçamento para os próximos anos e garantir os melhores resultados!

Para baixar o e-book, basta clicar na imagem abaixo:

Planejamento Estratégico e Orçamentário

E depois aproveite para compartilhar o e-book com seus colegas (e também nas redes sociais) e depois deixe um comentário aqui abaixo contando o que achou.

Artigos Relacionados


Also published on Medium.

Cadastre-se no Treasy

Deixe seu comentário