O papel do Gerente de Controladoria (Controller) no sucesso da empresa!

Publicado dia 16 de fevereiro de 2014

Você já deve ter percebido que, em grande parte dos artigos do nosso blog, ressaltamos a importância de fazer o controle e a análise das informações geradas pela sua empresa, independentemente do porte ou do segmento. Nesse sentido, existe um profissional com atuação fundamental para que todos esses dados se tornem resultados relevantes para o empreendimento: o gerente de controladoria, também conhecido como controller.

Gerente de controladoria

Recentemente, publicamos um post sobre o que faz a área de planejamento e controladoria, setor responsável por coordenar a elaboração e o acompanhamento do planejamento estratégico e do orçamento empresarial de uma empresa. Hoje, vamos falar especificamente sobre a função do controller nesses processos. Acompanhe!

O que faz um controller?

O que faz um gerente de controladoria é uma pergunta não muito simples de responder. Isso porque este profissional tem diversas atribuições, que impactam e envolvem tanto a área de planejamento e controladoria como outros departamentos da empresa.

Em resumo, o gerente de controladoria é o profissional responsável pelo planejamento, coordenação, direção e controle das atividades de curto, médio e longo prazo executadas nas áreas de planejamento, controladoria e finanças.

Sua função básica é extrair e consolidar informações relevantes, fidedignas e oportunas, gerando relatórios para auxiliar a tomada de decisão dos gestores de cada área, bem como da diretoria da organização. Esses dados se referem tanto às atividades internas da empresa quanto ao mercado financeiro e ao cenário do segmento em que ela atua.

A partir deles, este profissional também deve identificar pontos críticos ou que podem ser melhorados para contribuir no incremento da rentabilidade e da lucratividade da empresa, monitorando, ainda, possíveis riscos e cenários prejudiciais ao negócio.

Outro papel do controller é realizar o acompanhamento contínuo da aplicação das medidas estabelecidas durante o processo de planejamento, fazendo a programação de recursos em cooperação com serviços compartilhados. Por conhecer e atuar diretamente com outros setores, o controller de uma empresa também pode atuar na implantação de soluções que facilitem a gestão, como os ERPs (Enterprise Resource Planning).

Assim, de forma geral, é possível dizer que a função do controller é analisar informações internas e externas para oferecer suporte para as tomadas de decisões pelos gestores, promover a melhoria contínua dos processos nos diversos departamentos de uma empresa, reduzir custos e aumentar a produtividade e a lucratividade do empreendimento.

É por isso que o profissional no cargo de controller precisa ter habilidade para tratar, refinar e apresentar de maneira clara, resumida e operacional os dados que aparecem nos registros da contabilidade financeira. Além disso, ele deve ter uma visão holística e sistêmica do negócio.

Saiba mais sobre a importância do controller em nosso webinar gratuito Conquiste previsibilidade financeira para sua empresa: tenha um controller. No vídeo, você vai entender como uma área de Planejamento e Controladoria e a atuação de um profissional como esse pode oferecer mais segurança na tomada de decisão e a melhoria contínua dos processos. Clique na imagem abaixo e acesse gratuitamente:

Webinar Previsiblidade Financeira - Tenha um Controller

Com que áreas o gerente de controladoria se relaciona dentro da empresa?

Como responsável por planejar, coordenar e gerenciar as atividades ligadas às áreas de planejamento, controladoria e finanças, o gerente de controladoria acaba se relacionando com, praticamente, todas as áreas da empresa. Afinal, todos os setores geram impacto sobre as finanças de um negócio e, assim, é papel do controller promover o diálogo constante com esses departamentos.

O controller precisa estar em contato com os gestores de cada área para entender quais são as suas necessidades, isto é, de que materiais, profissionais, equipamentos e recursos em geral eles precisam para oferecer uma boa produtividade.

Com a equipe comercial, por exemplo, este profissional analisa qual é a projeção de vendas para determinado período e, com base nisso, verifica com a área de planejamento e controle de produção quais as necessidades de compra de materiais, insumos e outros investimentos.

Da mesma forma, o controller deve ter contato com as demais áreas da empresa, realizando o levantamento de toda a projeção de receitas, custos, despesas e investimentos para consolidar e gerar as informações que serão validadas com a diretoria e acompanhadas durante todo o período de atividades. Além disso, ele também está diretamente envolvido com as questões de governança, risco e conformidade.

Pela abrangência e importância de suas ações, é essencial que o gerente de controladoria tenha à disposição ferramentas eficientes para auxiliá-lo a realizar o planejamento da empresa, definir as metas e objetivos e acompanhar mensalmente os resultados. Assim, é possível comparar se o que está sendo realizado está de acordo com o que foi planejado e, além disso, tomar providências para corrigir possíveis desvios a tempo.

Qual é a formação desejada de um gerente de controladoria?

ControllerComo vimos no tópico anterior, o gerente de controladoria é um profissional multidisciplinar, que atua em conjunto com praticamente todas as áreas da empresa e, por isso, deve possuir conhecimentos básicos sobre o funcionamento de cada uma delas.

É comum, e até mesmo desejável, que o controller possua formação acadêmica em áreas ligadas à gestão e administração, como Administração de Empresas, Ciências Contábeis e Economia, embora não precise se restringir a esses cursos.

Também é importante que este profissional busque especializações relacionadas à sua área de atuação, como pós-graduações e MBAs em Finanças e Controladoria, Planejamento Estratégico e Gestão Empresarial. Dependendo do setor em que a empresa atua, pode ser necessária a fluência em outros idiomas.

Somado à formação acadêmica, para que o profissional tenha um bom desempenho como controller é essencial que possua conhecimento sobre finanças e controle de processos, informática e sistemas de gestão, além de capacidade de liderança, negociação, tomada de decisão, trabalho em equipe, comunicação, compromisso com resultados, planejamento e organização.

Como montar uma área de Planejamento e Controladoria na sua empresa?

Como você viu, uma área de Planejamento e Controladoria bem estruturada e comandada por um bom controller pode gerar ganhos significativos. Pensando nisso, elaboramos um e-book para que você saiba como montar um departamento como esse na sua empresa.

No material, abordamos a análise sobre terceirizar ou formar uma equipe interna, qual é o perfil ideal de um controller e como contratar corretamente, que relatórios e indicadores de desempenho acompanhar, como definir expectativas de retorno, entre outros temas. Faça o download gratuito clicando na imagem abaixo:

Guia para criar uma área de Planejamento e Controladoria

Além disso, você também pode contar com o apoio da Treasy neste passo tão importante para a sua empresa. Com um programa de coaching, nós acompanhamos o seu negócio durante a criação da área de Planejamento e Controladoria, apresentando a metodologia Treasy para que, depois da consultoria, sua empresa continue o trabalho de forma autônoma e com bons resultados.

Com o coaching, fazemos o mapeamento dos objetivos da empresa, definimos a modelagem financeira para o planejamento financeiro, iniciamos a criação de uma cultura de planejamento e acompanhamento dos resultados financeiros e oferecemos treinamento a usuários e gestores, entre outras facilidades. Saiba mais sobre o programa em nosso site!

Outra possibilidade, além de implantar a própria equipe de Planejamento e Controladoria, é contar com uma empresa terceirizada para prestar esse serviço. Um exemplo é o Outsourcing de Controladoria da Treasy, que oferece metodologia própria, equipe especializada, software inteligente e outras vantagens. Você pode conhecer esta solução agora mesmo, basta clicar na imagem abaixo:Outsourcing de Controladoria Treasy

Concluindo

Ter acesso a informações atualizadas, fidedignas e relevantes é importante para qualquer negócio. Por isso, contar com um controller é um diferencial estratégico, já que a atuação desse profissional está diretamente relacionada ao controle e à análise dos dados internos e externos de uma organização, que garantem mais segurança e eficiência na tomada de decisão e uma melhoria contínua dos processos da empresa.

Esperamos que este artigo seja útil para você e que sua empresa possa obter bons resultados com a atuação de um controller! Compartilhe nos comentários as suas impressões sobre o assunto e envie este material também para a sua equipe.

Toda semana publicamos aqui no blog artigos relacionados a planejamento, orçamento e acompanhamento econômico-financeiro e disponibilizamos mensalmente materiais gratuitos para download como modelos de planilhas, white papers e e-books.

Se você ainda não é assinante de nosso newsletter, cadastre-se para receber este e outros artigos por e-mail, ou nos adicione nas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece por aqui.

*Este artigo foi atualizado em 27/09/2018


Também publicado em Medium.

11 comentários

Deixe um comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário. Clique aqui para fazer o login