[Novidades no Treasy] – Projeção de Despesas Variáveis e Outras Despesas

Publicado dia 26 de junho de 2016

Atendendo aos pedidos de nossos clientes, hoje estamos muito orgulhos em anunciar duas grandes novidades no Treasy: estamos falando aqui dos novos recursos para Projeção de Despesas Variáveis e Projeção de Outras Despesas.

Projeção de Despesas Variáveis e Outras Despesas

Estes recursos foram bastante requisitados e por isto nosso time focou os esforços do segundo trimestre de 2016 para construí-los da forma mais completa e ao mesmo tempo mais simples possível. Com eles sua empresa conseguirá agora realizar seu orçamento e projeções com ainda mais precisa.

Sem mais delongas, vamos entender como utilizar os novos recursos para as projeções de sua empresa hoje mesmo!

Como é feita a Classificação dos Desembolsos no Treasy?

Antes de falarmos sobre as novas funcionalidades, precisamos antes entender como o Treasy separa e classifica os diversos desembolsos de sua empresa.

Esta classificação é feita seguindo os padrões e melhores práticas do mercado, sendo que o Treasy separa os desembolsos nas seguintes categorias:

  • Deduções de Vendas
  • Custos Variáveis
  • Despesas Variáveis
  • Gastos com Pessoal
  • Despesas Operacionais
  • Investimentos Operacionais
  • Outras Despesas

Na tabela abaixo você encontra um resumo das principais características de cada um destes desembolsos:

Gestão de Desembolsos no Treasy

Detalhes sobre os Principais Grupos de Desembolsos no Treasy

Vamos entender melhor os detalhes e particularidades de cada um deles:

Deduções de Vendas

As Deduções de Vendas são todo e qualquer abatimento que aconteça diretamente sobre a Receita Bruta, que representa os descontos oferecidos e abatimentos de impostos que incidem diretamente sobre a venda, como ICMS, ISS etc.

A principal característica das Deduções de Vendas é que elas geralmente são caracterizadas por um percentual direto sobre o Faturamento Bruto. Ou seja, as Deduções de Vendas vão variar de forma diretamente proporcional ao Faturamento.

No Treasy você pode detalhar as Deduções de Vendas por:

  • Canais de Distribuição;
  • Produtos; e
  • Dedução.

No artigo Projetando as Deduções sobre Vendas de sua empresa você encontra mais detalhes.

Custos Variáveis (CPV ou CMV)

Os Custos Variáveis, como o próprio nome sugere, são aqueles que variam proporcionalmente com o volume de produção ou atividades produtivas da empresa. Ou seja, o Custo Variável é caracterizado pelo Custo Unitário (dos produtos ou Mercadorias) multiplicado pelo Volume Total de Vendas.

De acordo com as atividades realizadas pela empresa, o Treasy oferece duas formas de Projeção de Custos Variáveis: CPV ou CMV:

  • CPV (Custo dos Produtos Vendidos): Este tipo de classificação do custo de vendas geralmente está associado às indústrias, que fabricam os produtos que vendem. Neste caso, o custo dos produtos será composto de matérias-primas e insumos utilizados em sua fabricação.
  • CMV (Custo das Mercadorias Vendidas): Já o CMV é utilizado no calculo dos custos de vendas de empresas de comércio ou que apenas revendem mercadorias. Para as mercadorias vendidas, o custo será o próprio preço de compra do item que será revendido.

No Treasy você pode detalhar os Custos Variáveis por:

  • Canais de Distribuição; e
  • Produtos

Você pode saber mais sobre isto no artigo Como projetar os Custos Variáveis e as necessidades de Matéria-prima e Insumos de sua empresa.

Despesas Variáveis

As Despesas Variáveis estão “no meio do caminho” entre ser um Custo e uma Despesa. Ou seja, se comportam como uma despesa, não estando atrelada diretamente a produção e nem quantidade vendida de produto, mas ainda tendo forte relação com as atividades de produção e vendas.

Como exemplos de Despesas Variáveis, podemos citar os fretes pagos pela entrega dos produtos aos clientes ou os gastos de combustível dos veículos utilizados pela força de vendas.

No Treasy você pode detalhar as Despesas Variáveis por:

  • Unidades de Negócio;
  • Centros de Resultados; e
  • Contas

Gastos com Pessoal

A linha de Gastos com Pessoal consiste nos desembolsos que a empresa tem relacionados a seus funcionários, como exemplo:

  • Salários
  • Encargos sociais
  • Benefícios

Além do detalhamento acima, no Treasy você pode detalhar as Despesas Variáveis por:

  • Unidades de Negócio;
  • Centros de Resultados;
  • Contas; e
  • Cargos ou Funcionários.

No post Orçamento de RH ou Orçamento de Gastos com Pessoal você encontra este tema bem mais detalhado.

Despesas Operacionais

As Despesas Operacionais compreendem todas as despesas fixas relacionadas aos gastos para manter a empresa em funcionamento independentemente de haver vendas. Contas de aluguel, água, energia e telefone em escritórios, são alguns exemplos.

No Treasy você pode detalhar as Despesas Operacionais por:

  • Unidades de Negócio;
  • Centros de Resultados; e
  • Contas

No post Como elaborar o Orçamento de Despesas Operacionais e Gastos Administrativos para sua empresa você encontra mais sobre isto, incluindo vários outros exemplos de Despesas Operacionais.

Investimentos Operacionais

Os Investimentos Operacionais são os desembolsos realizados pela empresa para a compra de bens como máquinas, equipamentos, veículos, móveis, ferramentas, recursos de informática (hardware ou software), ou até mesmo em treinamentos e capacitações. Como o próprio nome sugere, os investimentos são desembolsos contribuem diretamente para melhorar e ampliar a capacidade produtiva da organização.

Quando projetamos investimentos, não podemos esquecer da Projeção de Depreciação, Amortização ou Exaustão que são as provisões para despesas com a perda de valor dos ativos da empresa durante o tempo que eles vão ser utilizados pela companhia, antes de precisarem ser descartados e substituídos por um novo.

No Treasy você pode detalhar os Investimentos Operacionais por:

  • Unidades de Negócio;
  • Centros de Resultados; e
  • Investimentos.

Nos posts Guia para Análise de Viabilidade de Investimentos OperacionaisDepreciação, Amortização ou Exaustão: conceito e importância na Gestão Empresarial você encontra tudo que precisa saber sobre isto.

Outras Despesas

Para fechar, o último grupo de desembolsos que temos engloba todos os demais gastos não contemplados nos itens anteriores. Aqui é onde devemos projetar as Despesas Financeiras e Despesas Não Operacionais da companhia.

Juros e multas são alguns exemplos de movimentações que podem ser apresentados como Despesas Financeiras. No caso de quem trabalha com importação e exportação, variações cambiais também estão neste tópico.

No Treasy você pode detalhar as Outras Despesas por:

  • Unidades de Negócio;
  • Centros de Resultados; e
  • Contas.

Por que separar as Despesas Variáveis, Despesas Financeiras e Despesas Não Operacionais?

O principal motivo para isto é a correta confecção do DRE (Demonstrativo de Resultados do Exercício) e também para estruturar corretamente a base para a Projeção de Fluxo de Caixa de sua empresa.

Utilizando cada desembolso na função correta, os demonstrativos de sua empresa no Treasy serão exibidos com cada valor em sua devida linha de forma automática e sem necessidade de nenhuma configuração adicional.

dre planejado x realizado

Além disto, ao classificar corretamente os desembolsos de sua empresa, o Treasy já calcula automaticamente para você alguns dos principais Indicadores de Desempenho econômicos e financeiros que toda companhia deve acompanhar.

DRE - Indicadores de Desempenho

Como utilizar os novos recursos de Projeção de Despesas Variáveis e Outras Despesas no Treasy

As novas funcionalidades (Despesas Variáveis e Outros Despesas) funcionam de forma idêntica ao recurso de Despesas Operacionais que você já está acostumado a utilizar. Em abas as informações podem ser detalhadas por:

  • Unidades de Negócios
  • Centros de Resultados
  • Contas

Veja abaixo um exemplo de uso da nova funcionalidade de Despesas Variáveis:

Despesas Variáveis

As Unidades de Negócios e Centros de Resultados são compartilhados com as funções de Gastos com Pessoal, Despesas Operacionais e Investimentos Operacionais. Portanto, muito provavelmente não será necessário nenhum cadastro adicional destes itens. Apenas as Contas referentes a Despesas Variáveis e Outras Despesas.

Além disto, todas as ferramentas e recursos adicionais que você já está acostumado a utilizar também estão disponíveis e funcionam da mesma forma nas novas funcionalidades de Despesas Variáveis e Outras Despesas, incluindo:

Os valores projetados em Despesas Variáveis e Outras Despesas também já são visualizados automaticamente no DRE, na Projeção de Fluxo de Caixa e ganharam espaço exclusivo no Dashboard de Gráficos e Indicadores da tela inicial do Treasy.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou queira algumas dicas para começar, é só entrar em contato (contato@treasy.com.br) que um de nossos consultores pode ajudar com os primeiros passos. Você também pode falar por telefone ou pelo Skype direto com o consultor com que já está acostumado conversar.

As funções de Despesas Variáveis e Outras Despesas já estão disponíveis para todos os clientes do Treasy.

Materiais Gratuitos para Download

Toda semana publicamos aqui artigos relacionados a planejamento, orçamento e acompanhamento econômico-financeiro. Também publicamos mensalmente materiais gratuitos para download como modelos de planilhas, white papers e e-books. Você pode acessar estes materiais clicando no botão abaixo.

Materiais de Gestão Gratuitos


Também publicado em Medium.

Home Fóruns [Novidades no Treasy] – Projeção de Despesas Variáveis e Outras Despesas

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Gilles B. de Paula 3 anos atrás.

[Novidades no Treasy] – Projeção de Despesas Variáveis e Outras Despesas

Você deve fazer login para responder a este tópico.