Entenda como o Retorno sobre o Capital Investido (ROIC) tem tudo a ver com o desempenho da sua empresa

Publicado dia 4 de março de 2017

Retorno Sobre o Capital Investido ROICEmpresas querem criar valor para acionistas, clientes e para elas mesmas. Para isso elas precisam, dentre outras coisas, investir em ativos. O valor do investimento pode vir de Capital Próprio ou de Capital de Terceiros.

A pergunta é: como um investidor pode saber se está apostando na ficha certa? Ou, ainda: como ele consegue ter certeza de que o dinheiro investido não será maior que o retorno sobre o investimento?

Existe uma maneira para descobrir isso e é exatamente o que abordaremos neste artigo: trata-se do Retorno sobre o Capital Investido. Com o ROIC, acionistas e investidores saberão o quanto de dinheiro a empresa consegue gerar com o capital investido. Vamos entender melhor?

O que significa Retorno sobre o Capital Investido?

Há um tempo, falamos sobre o ROE (Return on Equity), um indicador utilizado para mostrar o quanto de retorno a empresa gera para cada centavo que o acionista aplica na organização.

O ROIC (do inglês Return Over Invested Capital, ou Retorno sobre o Capital Investido) é muito similar ao ROE. A diferença é que enquanto o segundo está relacionado apenas ao Retorno sobre o Capital Próprio, o ROIC é o retorno sobre o capital total investido, isto é, o capital próprio somado ao capital de terceiros.

O que é Retorno sobre o Capital Investido (ROIC)Portando, o ROIC é um método muito utilizado para determinar o desempenho  financeiro de uma empresa, sendo inclusive considerado como a fonte mais confiável para tal fim.

IMPORTANTE: Observe que utilizando o indicador de Retorno sobre o Capital Investido é possível ter uma visão geral da performance financeira da empresa, mas não tem como saber especificamente quais investimentos estão gerando retorno.

Então, se formos resumir tudo isso, podemos dizer que o ROIC apresenta, em termos percentuais, quanto dinheiro a organização tem capacidade de gerar com o capital investido.

Calculando o ROIC

Para calcular o Retorno sobre o Capital Investido é necessário ter em mãos as informações apuradas sobre as demonstrações contábeis da empresa:

Para encontrar o ROIC é preciso subtrair os dividendos pagos durante o ano do lucro líquido e dividir a diferença pelo capital investido. Assim, temos:

ROIC = NOPAT / Valor Contábil do Capital Investido

Explicando a fórmula

  • NOPAT = resultado líquido – dividendos. O NOPAT é um indicador que, na teoria, mede o valor que poderia ser distribuído aos acionistas caso a organização não tivesse dívidas. Trata-se da receita operacional da empresa menos os impostos hipotéticos sobre a mesma. Você pode estar se perguntando: mas por que tenho que utilizar o NOPAT ao invés do Lucro Líquido para o cálculo do ROIC?
    Antes de responder à pergunta, volte à definição de ROIC. Como falamos, seu objetivo é o de medir o retorno sobre o capital total da empresa.
    Pois bem, o lucro líquido mede o retorno para os acionistas já descontados quaisquer pagamentos de juros. Isso significa que utilizando o lucro líquido estamos deixando de fora o retorno sobre o Capital de Terceiros.
    Portanto, para deixar bem claro é necessário utilizar a receita operacional que está antes dos juros sobre empréstimos.
    Além disso, é importante explicar que o NOPAT é líquido de imposto de renda. Para calcular o ROIC devemos retirar os impostos, afinal, o efeito deles foi considerado no
    cálculo do custo de capital (WACC ou CMPC).Calculando Retorno sobre o Capital Investido
  • Valor Contábil do Capital Investido: para calcular o ROIC utilizamos o valor contábil da dívida e do capital próprio. A explicação é simples: para calcular o ROIC temos que buscar o retorno sobre o capital investido em ativos já existentes. Fazendo isso estamos assumindo que o valor contábil da dívida e do capital próprio englobará o investimento.

Como você pode ver, a equação de ROIC é super direta, mas existe ainda uma dúvida que envolve seu cálculo. Trata-se do momento em que o cálculo do valor do capital é realizado.

Para resolver isso, anota a dica: o mais ideal é que seja utilizado o capital calculado no início do período medido. Isso porque partimos do pressuposto que investimentos feitos dentro do ano de exercício não vão começar a gerar retorno tão cedo.

Por exemplo, se queremos saber o ROIC de 2016, teremos que usar 31/12/2015 como data base do valor do capital investido.

Exemplo de cálculo do Retorno sobre o Capital Investido

Digamos que a empresa XYZ fabrica e vende equipamentos para usinagem. Os diretores acharam que está na hora de conseguir mais capital, e um investidor entrou na jogada.

Para saber se vale a pena investir na empresa ele pediu informações sobre o Lucro Líquido, os Dividendos, e o Capital Investido Total (lembrando que NOPAT = resultado líquido – dividendos).

  • Lucro Líquido: R$ 100.000,00
  • Dividendos: R$ 20.000,00
  • Capital Investido Total: R$ 150.000,00

Com os dados acima, o investidor aplicou a fórmula de ROIC:

ROIC = NOPAT / Valor Contábil do Capital Investido
ROIC = R$ 100.000 – R$ 20.000/R$ 150.000

Fazendo os cálculos temos que ROIC = 0,53 ou seja, chegamos ao resultado de que ROIC = 53%.

Exemplo cálculo ROICComo você pode ver, cada real investido na empresa XYZ retornou 53 centavos de lucro. Dependendo da indústria, isso pode ser considerado um retorno alto.

Esse resultado deu um panorama geral para o investidor do nosso exemplo. No entanto, é importante considerarmos que para ter uma visão verdadeira de quão bem o capital investido está sendo gerenciado, seria necessário comparar esse valor ao longo dos anos. Com isso daria para saber se ao longo do tempo o crescimento é constante ou se essa foi uma medida fora da curva.

Análise do cálculo do Retorno sobre o Capital Investido

Já que o ROIC mede o retorno que uma empresa ganha com uma porcentagem do dinheiro que os acionistas investem no negócio, um retorno maior é sempre melhor do que um menor. Assim, um ROIC mais elevado é sempre preferível a um mais baixo.

Uma proporção mais alta indica que a administração está fazendo um trabalho melhor, dirigindo a empresa e investindo o dinheiro dos acionistas e stakeholders.

Esses retornos podem vir de qualquer parte do negócio. Isso porque a equação de ROIC olha para a organização como um todo e analisa as médias de todas as atividades em conjunto no lucro líquido. Por isso, olhando somente para a equação não há nenhuma maneira de saber quais investimentos estão dando mais retorno financeiro para os acionistas e quais estão puxando os valores para baixo. Mas já dá para ter a ideia do panorama geral.

3 motivos para utilizar o ROIC

Já que entendemos como descobrir o resultado do indicador de Retorno sobre o Capital Investido, vamos analisar o porquê ele deve ser utilizado:

#01 – Eficiência da Gestão: o ROIC mostra o quão bem uma equipe de gerenciamento gera lucros operacionais comparados com a quantidade de dinheiro utilizado para gerar esses ganhos.

#02 – Esclarecimento da Demonstração de Resultados: como vimos na fórmula, o ROIC não se concentra apenas no lucro líquido. Ao contrário, ele utiliza o NOPAT, que remove itens como retorno de investimento e despesas de juros. Isso dá uma imagem muito mais clara de quanto lucro a empresa está gerando.

#03 – Referência e Liderança: empresas com um alto Retorno sobre o Capital Investido geralmente são líderes em seus segmentos, ou líderes emergentes.

3 motivos para ter cuidado com o ROIC

Cuidados com Retorno sobre o Capital Investido ROICSe toda história tem duas versões, o mesmo acontece com o ROIC. Já que citamos o lado positivo, vamos ver a outra face da moeda:

#01 – Números contábeis são mais suscetíveis a fraudes do que os números de fluxo de caixa. Portanto, o resultado de ROIC pode ser facilmente manipulado.

#02 – O ROIC pode ser afetado pelas taxas de câmbio devido ao custo de capital.

#03 – Conforme mencionamos, com o ROIC não é possível ter uma noção sobre qual segmento do negócio está gerando valor. Por consequência, também não tem como saber qual área está gerando mais despesas e, assim, não tem como identificar com precisão as melhorias e ajustes que podem ser feitos.

ROIC e sua relação com o Balanço Patrimonial e Custo de Capital

Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial (BP) é um dos mais importantes demonstrativos em uma empresa e tem como finalidade representar a evolução do patrimônio total da organização em um determinado período de tempo.

O BP, em conjunto com o Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) e o Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC), compõe a tríade das principais demonstrações contábeis e gerenciais de uma empresa.

Falando especificamente sobre ROIC, vimos que uma fórmula simples nos dá seu resultado. Mas antes de pensar em ROIC temos que ter certeza de que o Balanço Patrimonial está bem elaborado.

Para ajudá-lo na elaboração do BP, queremos deixar uma planilha de Balanço Patrimonial que pode ser baixada gratuitamente. Use e abuse dela, deixando tudo bem redondinho para o cálculo do ROIC!

Custo de Capital

ROIC custo de capitalO custo de capital é o retorno que os investidores esperam ao assumirem o risco de que o fluxo de caixa projetado sofra desvios. Por esse motivo, é comum ouvir que para investimentos cujos fluxos de caixas futuros são incrementalmente menos seguros, investidores irão requerer taxas mais altas de ROIC.

No mundo das finanças, o Custo Médio Ponderado do Capital (WACC) é usado como uma medida comum do mínimo de retorno médio ponderado esperado de todos os investidores em uma empresa, considerando o risco de seus fluxos de caixa futuros.

Já que o retorno sobre o capital investido mede a capacidade de uma empresa em gerar retorno sobre seu capital, e uma vez que o WACC mede o retorno esperado mínimo exigido pelos fornecedores de capital da empresa, a diferença entre ROIC e WACC é às vezes referida como “lucro econômico”.

É exatamente por isso que existe uma relação forte entre ROIC e Custo de Capital que vai além da teoria. Para entender melhor sobre o assunto (inclusive sobre WACC) nossa sugestão é a leitura do artigo Custo de Capital: o guia completo para decidir entre Capital Próprio e Capital de Terceiros.

Concluindo

O Retorno sobre o Capital Investido (ROIC) é um indicador utilizado em finanças e contabilidade para medir a rentabilidade e o potencial de criação de valor das empresas, tendo em conta o montante do capital inicial investido.

Mas se você é um leitor assíduo de nosso blog, já deve ter lido aqui o quanto repetimos sobre a necessidade de usar indicadores em conjunto. Ou seja, cada indicador financeiro mostra as vantagens e desvantagens de um investimento apenas por uma determinada ótica deixando de lado outras. E a única maneira de evitar deixar passar algo em branco, é sempre trabalhar com um conjunto de indicadores quando for realizar qualquer análise ou tomar qualquer decisão importante.

E como o ROIC é um dos mais famosos e importantes Indicadores Financeiros para Análise de Investimentos, confira o e-book completíssimo que lançamos sobre este tema:

E-book Indicadores Financeiros para Análise de Investimentos

No material, além do ROIC, abordamos também diversos outros indicadores importantes como TIR, VPL, Payback e Ponto de Fischer.

E para fechar, pensando nas duas perguntas da introdução deste artigo e após lê-lo, conseguiu entender como o ROIC tem tudo a ver com a análise da performance financeira de uma empresa? Claro que, como todo indicador financeiro para análise de investimentos, ele não deve ser analisado sozinho. Mas é através dele que já dá para saber se vale a pena continuar a análise.

Investidores e acionistas não apostam no escuro. Por isso, se você estiver pensando em investimentos na sua empresa, tenha em mãos os valores referentes ao Retorno sobre o Capital Investido.

E se esse artigo foi útil para você, não deixe de compartilhar com seus colegas.


Também publicado em Medium.

Home Fóruns Entenda como o Retorno sobre o Capital Investido (ROIC) tem tudo a ver com o desempenho da sua empresa

Este tópico contém resposta, possui 1 voz e foi atualizado pela última vez por  Renata Freitas de Camargo 2 anos, 8 meses atrás.

Entenda como o Retorno sobre o Capital Investido (ROIC) tem tudo a ver com o desempenho da sua empresa

Você deve fazer login para responder a este tópico.