[Novidades no Treasy] – Confira as evoluções do DRE e saiba tudo o que ele é capaz de te mostrar

Publicado dia 17 de novembro de 2014

O relatório de Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) é um dos instrumentos mais simples e, ao mesmo tempo, mais poderosos para analisar os resultados da empresa. Já parou para pensar em todas as possibilidades que ele tem e como pode ser fundamental na hora de tomar decisões?

Por isso, nós trabalhamos tanto para desenvolver um DRE cada vez melhor. Definitivamente ele é uma das funcionalidades que está sempre evoluindo no Treasy. Veja todas as possibilidades e, mais, aplique no seu dia a dia!

#01: Filtros no DRE

No Treasy, o DRE possui alguns filtros e opções de visualização disponíveis para todos os clientes, mas que podem variar de acordo com o setor de atuação:

 

Uma grande vantagem é que todos esses filtros também funcionam combinados. Por exemplo, você pode visualizar o resultado de uma linha de produtos em uma unidade de negócio, como mostramos nas imagens abaixo.

 

novos filtros DRE

 

novos filtros DRE

 

novos filtros DRE

Dessa forma, é possível criar uma infinidade de análises, como:

Estes são apenas alguns exemplos, mas você pode criar qualquer outra combinação de filtros para visualizar os resultados. Por que fazer essas associações de filtros? Olhar o todo pode ser mais rápido e dar uma boa visão do andamento dos planos. Assim, se os números estiverem bem diferentes do que você planejou, para mais ou para menos, detalhar alguns dados te permitirão verificar possíveis desvios ou oportunidades.

Se sua Gestão é Colaborativa, o gestor consegue detectar os desvios de forma precisa de acordo com a Modelagem Financeira cadastrada. Lembre-se que sem detalhamento a análise pode se tornar míope já que o todo pode parecer bem, mas é possível que um bom resultado esteja acobertando um ruim.

#02: Visão Acumulada no DRE

Enquanto o detalhamento é importante para tomadas de decisão com precisão,olhar para uma Visão Acumulada do DRE, pode trazer agilidade. Especialmente se é feito o Acompanhamento Orçamentário periodicamente. Como mostramos na imagem abaixo, você consegue verificar, rapidamente, os resultados de todo o período selecionado.

Logo, se a ideia é discutir números bimestrais, trimestrais ou semestralmente, por exemplo, essa Visão Acumulada será fundamental para a agilidade da análise. É bem comum que essa função seja usada durante processos de Revisões Orçamentárias e Forecasts.

#03: Inversão da ordem das estruturas do DRE

Porém, se a estrutura padrão não atende suas necessidades, é possível inverter a ordem da estrutura, alterando a ordem das linhas. Confira o vídeo para saber como fazer também.

 

Essa flexibilidade também facilita as análises. Para sua empresa é mais importante verificar as Despesas Operacionais dentro do Orçamento Empresarial por Centros de Resultados ou por Conta, por exemplo? Ambas estruturas serão exibidas, mas a ordem na qual aparecerão ficam a seu critério, dependendo das necessidades de análise.

#04: Gastos com pessoal na Margem de Contribuição

Outra funcionalidade bem impactante é a possibilidade de definir os Gastos de Pessoal direto na Margem de Contribuição, quando se encaixa como Despesas Variáveis. Portanto, os clientes Treasy conseguem definir se as despesas da folha são administrativas (fora da Margem de Contribuição) ou de produção.

#05: Análise vertical por meio da Receita Líquida

No Treasy, é possível, ainda, fazer uma análise vertical a partir da Receita Líquida. Logo, consegue avaliar a receita sem os impostos e saber exatamente o que irá entrar de fato de dinheiro para a empresa. Uma análise muito importante já que o olhar para a Receita Bruta pode ser míope.

Caso tenha alguma dúvida, basta mandar uma mensagem pelo  chat que nossos consultores irão te atender. Recomendamos, ainda, incluir nossa equipe entre os seus usuários, o que facilitará o suporte.

E para se manter informado sobre os novos recursos e melhorias que disponibilizamos no Treasy, se cadastre em nossa newsletter ou nos adicione nas redes sociais.

* Artigo atualizado em 25/05/2018


Também publicado em Medium.

Deixe um comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário. Clique aqui para fazer o login